Óleo de Copaíba

Óleo de Copaíba

O óleo ajuda no tratamento de doenças autoimunes?

Extraído por incisão do tronco das copaibeiras típicas das regiões Sudeste, Centro-Oeste e Amazônica do Brasil, o óleo de copaíba é um líquido transparente, viscoso, de sabor amargo, de amplo e tradicional emprego medicinal popular.

Os componentes responsáveis pela sua ação terapêutica são os sesquiterpenos e diterpenos, com função analgésica, antidiarreica, cicatrizante, afrodisíaco, antioxidante, antitetânico, anti-herpético, bactericida, anticancerígeno, antitumoral.

Sendo utilizado no tratamento terapêutico das patologias bronquite, faringite, hemoptise, pneumonia e sinusite; para as infecções da derme e mucosa, em dermatites, eczemas, psoríases e ferimentos; para úlceras e feridas no útero.

Em grandes quantidades, pode provocar efeitos colaterais como irritações gastrointestinais, vômitos, náuseas, sialorréia, diarreia e depressão do sistema nervoso central. Não sendo recomendado o seu uso durante a gestação e o aleitamento materno.

Conclusão: o óleo de copaíba é um potente anti-inflamatório, porém o seu uso deve ser orientado por um profissional especialista, pois o uso indiscriminado pode levar a citotoxicidade.


*Texto: Sandra da Silva Maria – NutricionistaCRN 20 473